Características do Gás

O gás natural é constituído por uma mistura de gases, sendo o metano (CH4) predominante, normalmente com uma concentração de cerca de 90%. As características do gás natural estão relacionadas com as concentrações dos seus componentes, as quais deverão estar compreendidas dentro de tolerâncias estabelecidas regulamentarmente. Estas tolerâncias traduzem um conjunto de requisitos, dos quais se destacam os seguintes:

  • A quantidade de energia inerente a um determinado volume, Poder Calorífico Superior (PCS), o qual converte os volumes medidos pelos contadores em energia fornecida;

  • A adequabilidade de um gás combustível a um determinado aparelho de queima, Índice de Wobbe (IW) e a densidade relativa (d);

  • A limitação dos componentes cuja presença em excesso promove a deterioração dos equipamentos de veiculação e processo do gás natural, nomeadamente a concentração de água (ponto de orvalho), o sulfureto de hidrogénio (H2S) e o enxofre;

  • Outros componentes com influência na segurança e no uso do gás natural.

O controlo da qualidade do gás transportado e entregue na RNTGN é assegurado pela monitorização em tempo real dos parâmetros de qualidade mais relevantes (como Poder Calorífico Superior, densidade, índice de Wobbe e composição do gás natural) com recurso a cromatógrafos de gás e de enxofre instalados em pontos específicos da rede de transporte.